O PROCESSO SELETIVO:

Todas as famílias (pai, mãe ou responsáveis) interessadas pela Escola Maria Peregrina passam por um Processo Seletivo, a fim de matricularem seus filhos. As inscrições para Processo Seletivo serão de abril a junho de 2019, e o desenvolvimento deste processo será de abril a dezembro, visando uma maior adaptação no sistema de formação da Escola. Isto porque a Escola Maria Peregrina é uma instituição que trabalha diretamente com a família em formações e parcerias. Sem a família não existe escola. A família é o primeiro aluno matriculado. Essa comunhão, escola-família, é muito intensa, por isso é necessário um tempo longo de experiência da família pretendente com a escola. Essa experiência acontece no tempo do Processo Seletivo. A família não só passa por várias entrevistas como também precisa participar ativamente das ações da escola. Analisar o interesse de cada família exige uma longa caminhada de entrevistas, convívio e dinâmicas, por isso o Processo Seletivo necessita de um tempo consideravelmente extenso.

O parâmetro de escolha das famílias baseia-se no interesse e adaptação dos pais ou responsáveis legal por tudo que a escola oferece e exige. Depois de escolhidas as famílias para as vagas na Escola, elas assinam um Termo de Compromisso com a instituição. Esse Termo é composto de cláusulas que asseguram o exercício pacífico e brando dos direitos e deveres que foram apresentados e partilhados no tempo do Processo Seletivo.

 

TERMO DE COMPROMISSO:

O Termo de Compromisso é feito individualmente para cada família. Isto porque cada família tem sua singularidade. Leva-se em conta no Termo de Compromisso questões sociais, culturais, pessoais e econômicas.

Contudo, é obrigatório para os pais dos alunos a participação mensal no Projeto Família.  O Projeto Família se divide em três áreas de atuação: 1. Encontro de Metas, que compreende o encontro privado entre pais e tutores, pelo menos uma vez em cada bimestre, a fim de apresentar a situação do aluno e o estabelecimento de metas; 2. Integração, que é o engajamento de cada compromissário, pelo menos uma hora por semana, nas atividades práticas que a escola oferecerá; e a 3. Formação, sendo o processo formativo que se dará na Comunidade do Coração, Ciclo de formação, Domingo da Vida, Formações Educativas e Visitas Domiciliares. Porém, a maior obrigação das famílias é acreditar e confiar no método pedagógico e de formação familiar que a Escola Maria Peregrina propõe.

 

Clique aqui para ler o edital referente ao Processo Seletivo de Concessão de Bolsas de Estudo para o ano letivo 2020 da Escola Maria Peregrina.